Prefeitura oferece tratamento gratuito para dependentes químicos

Notícias

O dia 20 de fevereiro é marcado por campanha de combate às drogas e ao alcoolismo, em âmbito nacional. Em Itupeva, não é somente neste dia que o assunto é lembrado. A Prefeitura de Itupeva mantém um programa gratuito durante todo o ano, oferecido no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS).

Segundo informações da enfermeira e coordenadora da saúde mental, Elen Cristina Latorre, atualmente são mais de mil pessoas cadastradas. “Apesar do número ser alto, temos uma frequência de 100 pessoas que frequentam os grupos, participam das reuniões e passam por acompanhamento médico”, explicou.

A iniciativa de buscar tratamento é feita pelo próprio usuário do Sistema Único de Saúde, que procura auxílio no CAPS, no Jardim Ana Luiza, demonstrando interesse em mudar os hábitos, sempre com acompanhamento.

Uma equipe técnica formada por enfermeiros, assistentes sociais, psicólogos, psiquiatras e um clínico geral acompanha o paciente de perto. “Nós procuramos entender porque ele leva essa vida de vício. Se são problemas familiares, de desemprego ou por outro motivo; para então, buscarmos o tratamento adequado”, completou Elen.

Os encontros acontecem sempre às quartas-feiras das 11h ao meio-dia. Caso o paciente precise de medicamentos, o programa tem a farmácia do Caps à disposição. Para mais informações, basta ligar no telefone (11) 4496-1322, das 7h às 16h.

Dados estatísticos – Estima-se que mais de 3 milhões de pessoas morrem a cada ano como resultado do uso abusivo de álcool, segundo um relatório divulgado pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Isso representa 1 a cada 20 mortes. Mais de três quartos dessas mortes ocorreram entre os homens.
A OMS considera que a dependência em drogas lícitas ou ilícitas é uma doença. O uso indevido de substâncias como álcool, cigarro, crack e cocaína é um problema de saúde pública de ordem internacional que preocupa nações do mundo inteiro, pois afeta valores culturais, sociais, econômicos e políticos.