Alunas concluem curso de Confeitaria no Fundo Social de Solidariedade de Itupeva

Notícias

O Fundo Social de Solidariedade é um espaço em Itupeva que transforma sonhos em realidade, por meio de parcerias com entidades educacionais e órgãos governamentais, comprometidos com a capacitação gratuita de qualidade, gerando trabalho e renda à população.

Seguindo este propósito, nesta quarta-feira, 19 de fevereiro, 12 alunas do curso de Confeitaria concluíram a capacitação, que contou com 20 horas de duração. O prefeito Marcão Marchi prestigiou este momento e elogiou o empenho das alunas. "Com muita alegria prestigiei esta aula e parabenizei a todas pela dedicação. Este curso de Confeitaria é importante para o cotidiano de cada aluna, que poderá utilizar o aprendizado em casa com seus familiares e também para gerar uma renda extra", diz.

O curso de Confeitaria, assim como tantos outros, é fruto de uma união bem-sucedida com o Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo que, a partir do Programa Via Rápida, oferece cursos alinhados com as vagas de emprego da região e também prepara o aluno para iniciar o próprio negócio.

A primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade de Itupeva, Dani Marchi, afirma que, transformar vidas e sonhos em realidade são motivos de orgulho e enorme satisfação. “Por isso, não medimos esforços e sempre buscamos firmar novas parcerias, que agregam conhecimento à população, que pretende ingressar no mercado de trabalho, mudar de emprego ou até mesmo abrir o próprio negócio”, ressalta.

O curso de Confeitaria no Fundo Social de Solidariedade de Itupeva é aplicado pela Faculdade de Tecnologia (Fatec), com a professora Ana Lúcia Cândido, que atua como chef de Gastronomia e Confeitaria. “Foram 5 encontros desta turma; e a última aula foi focada na utilização do chocolate para o preparo de trufas, cookies, pães de mel, servindo também para o período da Páscoa. As alunas tiveram uma grande evolução, colocaram a mão na massa, esclareceram dúvidas e o aprendizado foi muito satisfatório”, comenta.

Edicléia Camargo Loreto, de 41 anos, que reside no bairro Quilombinho, demonstrou muita alegria em cumprir mais esta etapa importante em sua vida. “Esse curso foi essencial para ampliar as opções de receitas em minha casa para os meus familiares, além do que, também posso transformar esse novo conhecimento em renda”, diz.

Serviço – O Fundo Social de Solidariedade funciona de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas, na rua Professora Deolinda Silveira de Camargo, 100, no Jardim São Vicente.

Para mais informações sobre cursos e capacitações, entre em contato pelo telefone (11) 4496-3131.

CONFEITARIA CURSO (4).jpg