Em reunião com mais de 200 moradores, prefeito explica decreto de congelamento do Vale das Pedras

Notícias

Um encontro no Pesqueiro Toca do Gil, no Vale das Pedras, serviu para que o prefeito Marcão Marchi conversasse com os moradores daquela região. O objetivo foi sanar as dúvidas e explicar o decreto de congelamento de construções do bairro, primeiro passo para a regularização do bairro.

Com o programa A Casa É Sua, criado pela atual gestão, diversos bairros já foram regularizados. No caso do Vale das Pedras, como explicou o prefeito Marcão Marchi, a regularização trará desenvolvimento, de modo geral. “A Prefeitura está fazendo a parte dela, mas, para o sucesso da regularização é preciso a colaboração da população. Este é um loteamento clandestino e quando falo dele em Brasília, juridicamente não existe. Então é preciso com urgência que os lotes sejam regularizados”, disse o prefeito Marcão Marchi.
Na última quarta-feira (9), o prefeito assinou o Decreto que promove o congelamento urbanístico do local e que começou a ser colocado em prática no dia 14 de outubro, e até então, está proibida a comercialização e início de novas construções naquele local.

“Este é o primeiro passo para uma caminhada até a entrega das escrituras. Temos pelo menos 5 ou 6 propriedades na região, que estão divididas em lotes. Precisamos delimitar estas áreas e fazer o levantamento cadastral para dar início à parte burocrática, que é a mais demorada. A partir da regularização, o Vale das Pedras deixa de ser informal e poderemos buscar verbas federais e estaduais”, acrescentou o prefeito Marcão. 

Moradores aprovaram a iniciativa
Para os moradores do Vale das Pedras a vinda do programa A Casa é Sua é positiva para o bairro, conforme explicou Maria Lúcia Trindade de Oliveira, moradora do bairro há 7 anos. “Pelo que o prefeito explicou, com regularização poderemos ter acesso à iluminação e água, beneficiando o Vale das Pedras por inteiro”.

A munícipe Lúcia Teixeira Pereira, que mora há 2 anos na região, disse que é a primeira vez que alguém propõe alguma ação desse tipo. “Não me lembro de uma outra autoridade ter vindo aqui no bairro e conversado com a gente. Sem dúvidas a reunião foi muito boa e trará benefícios para Itupeva e para nós.

Ter a escritura em mãos, para muitos, também é a realização de um sonho, conforme comentou o casal Jucimara e Alisson. “Não nos importamos tanto com a estrutura do bairro, mas ter a matrícula em nossas mãos seria a maior realização da nossa vida”.

Reuniao Vale das Pedras 1