“Ciranda de Rua” inicia ação da horta comunitária

Notícias

O projeto “Ciranda de Rua” da Prefeitura de Itupeva iniciou mais uma ação nesta quinta-feira (10) com o intuito de prestar atendimento e auxiliar as pessoas em situação de rua. Uma área no Fundo Social de Solidariedade transformou-se em espaço para o cultivo de uma horta comunitária pelas mãos dos próprios assistidos. A iniciativa é da Secretaria de Desenvolvimento Social, com apoio do Fundo Social.

"Sempre me sensibilizei com os indivíduos em situação de rua que desprovidos de família, emprego, residência e bens materiais passam a ser vistos como não cidadãos. Não podemos admitir que a cidadania assuma papel coadjuvante”, declarou a presidente do Fundo Social de Solidariedade, primeira-dama Dani Marchi. “A reinserção na sociedade não é nada fácil, tanto pela falta de oportunidades quanto pelo preconceito. Temos que agir tratando os desiguais na medida de suas desigualdades”, completou.

O espaço contará com vários canteiros e, neste momento, serão plantadas hortaliças tradicionais como alface, cebolinha, almeirão e salsa. O trabalho inicial contou a participação de Fábio Ferreira e Alexandre Bio, que fazem parte do Ciranda de Rua.

“É uma ajuda para nós que vivemos na rua, uma situação de trabalho que ocupa o nosso tempo. Neste momento ruim de nossas vidas, essa ajuda é importantíssima porque trabalhamos e não pensamos na bebida alcoólica”, disse Fábio Ferreira.

Sob supervisão da secretária de Desenvolvimento Social, Aline Melo Alves, o projeto é coordenado pela gerente do Creas, Mônica Governici, o assessor de Relações Parlamentares Fernando Lima e o psicólogo Daniel Ferraz.

horta comunitaria2